"porque pra cada mão há uma luva, pra cada pingo um guarda-chuva...

porque para cada amor, há sempre um alguém nas medias certas... mesmo que seja gota por gota..."



quarta-feira, 27 de outubro de 2010

ME FAÇA CRER OUTRA VEZ...

Me faça acreditar que ainda há amores perfeitos, que que um adeus nao significa "nunca mais"...
Que mesmo insegura, saberei o caminho...
Que não preciso ser perfeita, basta que seus olhos me vejam melhor, que as lembranças ainda fazem parte, que os sonhos ainda são possíveis... que pedido de aniversário ainda se realiza, mesmo que a velinha não apague da primeira vez... que bem-me-quer-mal -me-quer, nas petálas da flor funcionam...  que ainda escuta aquela música...
Me faça crer que seu cheiro ainda é o mesmo, que seu gosto também não mudou, que o relógio do tempo funciona, mas parou só pra nós dois... 
Porque partir é assim tão dificil? quando deixamos um mundo de lembranças pra trás?
Não quero platéia pra minhas palavras, tão pouco defensores de minhas teorias, apenas entender que devo jogar tudo na mochila e preciso ir...
Quero de volta meus cinco anos, onde era feliz e não sabia, os problemas eram "matemáticos", as mágoas mais perdoáveis, e não haviam escolhas dificeis...
Haviam apenas as certezas de dormir e acordar, abrir os olhos e ser feliz... e feliz e feliz e feliz...

Um comentário:

  1. Como seria o Amor, não fosse ele em contra gotas? Como seria o amor, não fosse ele, uma interrogação contínua? Belissimo o seu blog. Interessante. estou aqui lhe convidando a visitar o meu blog, e se possivel seguirmos juntos por eles Estarei grato esperando vc, lá
    www.josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir